oracao-para-sao-joao-batista.jpg

São João Batista

São João Batista, é conhecido popularmente como “santo festeiro”, mas na tradição católica é considerado o santo mais próximo de Jesus Cristo, pois além de ser seu primo, João foi o responsável pelo batismo de Cristo no Rio Jordão.


É conhecido até hoje como São João Batista justamente por conta da sua fé e devoção com o ritual do batismo e junto com a Virgem Maria, o único santo onde a liturgia lembra a data de seu nascimento e não da sua morte. Ao atingir maturidade, foi enviado para o deserto para se preparar com orações e penitências sempre aceitando tudo com muita devoção e convertendo e catequizando as pessoas por onde passava e anunciando também a vinda do Messias. Devido a isso, passou a ser chamado de “Profeta” e ao ver Jesus andando em sua direção, disse: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” e mesmo não se achando digno de batizar Jesus, o faz com muito amor, fé e respeito.


Após o batismo, Jesus continua no seu caminho e João na sua missão de denunciar as injustiças, o abuso de poder, a imoralidade, as ofensas às leis de Deus, o que infelizmente o levou a ser preso por Herodes. Mesmo preso, João condenou a atitude de adultério do rei, que vivia com a esposa do irmão. Os chamou para a conversão e penitência, mas Herodes foi influenciado pela filha a pedir a morte de João, que foi decapitado. São João Batista é sinônimo de bondade e gratidão. Sempre muito lembrado por essas virtudes, João foi um homem humilde que aceitou a sua missão com fé e devoção Cristã até o fim. E é esse exemplo que temos que levar adiante e nos lembrar no dia de hoje.


“O maior dos profetas” nos ensinou a confiar e a acreditar no maior, ao pregar e anunciar a vinda do Messias. Não é a toa que celebramos o seu nascimento e não a sua morte. João foi o escolhido para dar testemunho da luz da Verdade, aquela que veio para nos mostrar quem é Jesus Cristo.

 

Fonte: https://www.nossasagradafamilia.com.br/