Quando O coração não tem imunidade!


Por Suzy Reigado

Terapeuta Natural e Holístico.


O sistema imunológico ou sistema imune é muito eficiente no combate a micro organismos invasores. Mas não é só isso; ele também é responsável pela “limpeza” do organismo, ou seja, a retirada de células mortas, a renovação de determinadas estruturas, rejeição de enxertos, e memória imunológica.

Estas células são organizadas como um exército. Cada tipo de célula age de acordo com sua função. Algumas são encarregadas de receber ou enviar mensagens de ataque, ou mensagens de supressão (inibição), outras apresentam o “inimigo” ao exército do sistema imune, outras só atacam para matar, outras constroem substâncias que neutralizam os “inimigos” ou neutralizam substâncias liberadas pelos “inimigos”.


Mas, e quando o “inimigo” é você mesmo?

Várias tradições antigas já pregavam que a mente controla o corpo e que tudo está ligado a tudo.

Mas de que maneira isso ocorre?

A capacidade do sistema imunológico de proteger o corpo num determinado momento estará sempre relacionada com os estados emocionais; o tipo e a intensidade do estresse que a pessoa está enfrentando, as características de personalidade e a qualidade das relações sociais. Manifestando assim desde um simples resfriado até um câncer ou problema cardíaco.

Tudo irá depender do quanto aquilo significa para esta pessoa e até que ponto ela consegue suportar aquele aprendizado.

Porque somos a única criatura na face da Terra que pode modificar biologicamente o nosso sistema através de nossos pensamentos e sentimentos.

Quando ficamos deprimidos por causa da perda de um emprego, pela perda de um “amor”, ansiedade por um exame, a morte de um parente querido, uma separação, projetamos assim a tristeza por toda parte no corpo - a produção de neurotransmissores por parte do cérebro reduz-se, o nível de hormônios baixam, as plaquetas sanguíneas ficam mais viscosas e mais propensas a formar grumos e até suas lágrimas contêm traços químicos diferentes das lagrimas de alegria.

Sim, lágrimas de alegria são diferentes de lágrimas de tristeza!

“Ou você abre seu coração ou o cardiologista vai abrir por você!” Dr. Deepack Chopra

Não podemos negar nossas emocionais, mas também não podemos ser orientados apenas por elas. Procure sempre a ajuda de um profissional quer seja um terapeuta ou psicólogo, com certeza poderá te ajudar. Até nosso próximo encontro!

Namastê

Respeitadas as previsões legais com base na LGPD e direitos da propriedade intelectual informamos que o texto do colaborador não representa a opinião da Instituição.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo