top of page

O Dharma e a numerologia.


Por Suzy Reigado


Terapeuta Natural, Holístico, Numeróloga e Comunicadora da Rádio Vibe Mundial FM 95,7



Desde nossa criação até nosso desencarne somos regidos por números dentro de um pequeno espaço de tempo.

Assim, como a natureza, os animais, os planetas, as galáxias, todas as emanações do criador junto a sua criatura, seguem uma seguência individual e divina. Na natureza, a razão áurea parece orientar a posição das pétalas e sementes nas margaridas e girassóis, e a curvatura da concha do Naútilus. A divina proporção também foi encontrada na sequência de Fibonacci.

Pitágoras tinha certeza que a natureza também era lógica, assim como a matemática, e conseguiu achar uma sequência lógica que abrange infinidades de elementos na natureza:

Nossa data de nascimento, dia, mês, ano, hora, tudo corresponde a um aprendizado individual seguindo um ritmo quântico criado pela mente Divina.

Nada é coincidência e nada é por acaso. Como dizia Teófilo Gaultier:

“O acaso é, talvez, o pseudônimo de Deus, quando não quer assinar.”


Estamos atrelados a Lei do Karma e assim através de pequenas tarefas, onde nosso nome de batismo juntamente com as datas de nascimento são o código genético espiritual de toda uma programação de vida.

Quanto mais nos conhecermos de forma profunda, poderemos entender a matemática Divina, feitas de uma linguagem simbólica e qualitativa para designar destinos, deveres, aprendizados, karma de nossa última reencarnação, dons, ciclos, enfim toda uma trajetória de vida.

Saber disso apenas não nos vale, mais sim estarmos conscientes e procurarmos estar sempre dentro de nosso próprio TAO. Quando saímos de nosso Dharma pagamos um preço alto por isso!

Ser nos mesmos não é andar com roupas diferentes, discordar de tudo e de todos, mas sim estar dentro de nosso propósito de vida e de nosso aprendizado.

Nossa data de nascimento nos fornece o nosso Dharma destino, ou seja, o que viemos fazer aqui nesta reencarnação nosso propósito.

Nascemos na manifestação da trindade divina. O dia, mês e ano.

O ano corresponde a energia do espirito (que é o sol manifestado internamente, é a ideia, seu propósito de vida, sua intuição), o mês (a alma que representa seus pensamentos e seus sentimentos) e o dia que é a manifestação física na Terra, onde essa energia é encapsulada dentro de um corpo físico para suas experiências terrestres ou seja a energia de sua realização.

O sol interior nunca descansa é uma luz e uma energia irradiada eternamente, enquanto este corpo estiver vivo.

Tudo o quanto é manifestado no Universo é trino. CAUSA, LEI E EFEITO e está manifestado em sua data de nascimento.

Se uma pessoa nascida por exemplo em 21/03/1989. Se está tendo desafios sentimentais deverá refletir e agir, sobre a energia 3 de seu mês de aniversario para obter a resposta.

Ou seja, deverá melhorar a comunicação do casal, não dar ouvidos a fofocas sobre a pessoa, trazer o otimismo e a alegria na convivência. Sem tornar a relação pesada, mais sim leve e divertida, incluindo amigos dentro desta convivência.

E principalmente não querendo ser o foco das atenções!


Até nosso próximo encontro.

Namastê


Respeitadas as previsões legais com base na LGPD e direitos da propriedade intelectual informamos que o texto do colaborador não representa a opinião da Instituição.


90 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page