O vao das horas

O vão das horas [Download]

Um rio transborda dos olhos tristonhos

Contra a correnteza me ponho a remar

Dentre a multidão solidão que me encontro

Tamanho vazio, sinto o ar me faltar

 

Quem dera pudesse num só pensamento

Transpor as barreiras do tempo e espaço

Poder reviver nem que seja um momento

A paz que encontrei dentro do seu abraço

 

Segundo a segundo controlo meu tempo

Sou dona das horas que posso sonhar

De dia aprisiono os meus sentimentos

À noite liberto vôo pra te encontrar

 

A vida que exala é o meu alimento

Sou parte de tudo que envolve seu ser

O pouco que tenho me traz acalento

Se junto com o muito que vem de você

 

Se existe infinito nas horas que passam

Me alegro com o tempo que posso voltar

Espero contente e estendo meus braços

Pra vida e o destino que vem me buscar